domingo, 22 de março de 2009

Beleza e Conforto do Lar Português.

Foi com muito prazer que recebi e aceitei o convite para pertencer à Ordem dos Titulares. Ainda me honra mais saber que sou a primeira senhora e que, por isso, me tenha sido pedido que abordasse alguns temas femininos.

Aqui fica um bom texto de Margarida Pacheco de Castro, que deve ser revisitado, lido e aprendido.
Por favor, clique nas imagens para as aumentar e poder ler e aprender comodamente.



11 comentários:

Irrelevante disse...

Lindo, objectivo, simples, PORTUGUÊS!

Muito bem!!!

Apagar toda uma cultura e entregar o país a uns rapazolas de famílias ricas que estavam a estudar no estrangeiro, com o cabelo todo comprido e oleoso, a dizer "pá" seis vezes em cada frase, não foi boa ideia...

Eles agora estão com o rabo cheio de tanto nos roubarem durante estes 30 e tal anos, e nós ainda pior que com o Salazar!

E COM CASAS MUITO MAIS FEIAS, POR DENTRO E POR FORA!!!

Senhor Titular disse...

É com uma alegria, não digo infantil porque isso não é coisa de Titular, ingénua que vejo esta nova adesão à Ordem. Existem várias Ordens, mas esta é a Ordem!
Acrescento até que depois de tantas caras a adesão de uma coroa só vem prestigiar esta já indispensável comunidade e dar-lhe a face que faltava à sua integridade.
Bem haja, Isabel.

Grão-Titular disse...

Muito bem, muito bem.
Um abraço muito particular à nossa nova colaboradora.

Dr. Duarte da Veiga disse...

D. Isabel

A sua presença no nosso seio, não só nos honra como nos imbui de um espírito verdadeiramente superior. Aquele que faz honrar a nossa nacionalidade seminal!
SEU

Dr. Duarte da veiga

Dom António disse...

Nada como uma Senhora respeitável para enobrecer um espaço.
Agradecido pela sua presença D. Isabel.

Anónimo disse...

O conforto do lar português passa pelo crucifixo por cima da porta, o ramo das flores e o naperon na mesa e a mãe de avental junto ao fogão.A pobreza limpa dignifica. A nobreza é só para alguns pelo que é de agradecer reconhecidamente os vestidinhos da nobre para a memina da caseira.

Grão-Titular disse...

Muito bem... Da mesma forma que, na escola, os melhores horários ficam para Nós e o que sobrar é que vai para os outros.

Dr. Duarte da Veiga disse...

Vejo, caro anónimo, que está no bom caminho. Nobreza é Nobreza, Povo é Povo. Eis a razão porque Titular é Titular e o resto é o resto.

Anónimo disse...

Exacto. O Resto é uma pequena minoria que vos ai fazer uma caminha muito bem feitinha. Com rendinhas e tudo.

Grão-Titular disse...

Bilú, Bilú...

Anónimo disse...

Mas será que não desiste. Há algo de pateta e patético nos seus comentários parcos. Faz-me lembrar aquele rapaz do Porto - o Emplastro. Será que é você Emplastro mascardo de professor? Coragem. Diga lá!