terça-feira, 24 de março de 2009

Perguntas de Algibeira...

1. Porque é que se não deve beber água muito fria quando se acaba de comer qualquer alimento muito quente?
2. Porque é que se ferram os cavalos, burros, etc., e não se ferram os carneiros, as cabras,etc?
3. Porque é que, quando o médico vê um doente, lhe manda deitar a língua de fora?
4. Porque é que os homens do mar, quando querem ver melhor e ao longe, põem a mão sobre os olhos, como uma pala de boné?
5. Porque é que as engomadeiras cospem no ferro quando o tiram do lume?

16 comentários:

Anónimo disse...

Estas perguntas são mais próprias de uma Maria ou TV Guia do que de uma Grande Ordem de Titulares.

Grão-Titular disse...

Então, responda...

Anónimo disse...

Parece-me que esta Titular é Primária!

Dra Olívia Pizarro Vieira disse...

Anónimo é muito feio menosprezar o trabalho árduo de qualquer pessoa honesta, eivada de espírito de missão que apenas almeja educar e cultivar este povozinho que frequenta o nosso torrão natal.
As perguntas, em princípio não lhe eram dirigidas, já que este blog é, pelo que me parece, um espaço para Titulares, para Gente com Nome. As perguntas colocadas constituem tão somente um material pedagógico de valor incalculável que você e outros da sua igualha poderão e deverão utilizar nas aulas de substituição que tão bem vos assentam.

Anónimo disse...

Dra Olívia Pizarro Vieira,

Se é espírito de missão, então aceite as minhas desculpas.

Ainda não interiorizei o meu estatuto de Titular e quero muito entrar na Ordem e aprender.

Ainda ando à procura do meu
EU

Dra Olívia Pizarro Vieira disse...

Detesto Anónimos. Identifique-se criatura de Deus!

Anónimo disse...

Eu sou EU!

Respostas inteligentes às perguntas:

1- A água deve ser bebida entre as refeições ou antes;
2- Porque escorregam;
3- Depende da especialidade. Em ginecologia ou urologia, por exemplo,não é costume damdarem o doente deitar a língua de fora;
4- Alguns começaram por meter o dedo no olho para verem melhor. Mas provou-se ser pouco eficaz.

Anónimo disse...

5- Ou é uma atitude de protesto contra as condições de trabalho ou é mesmo este hábito velho de cuspir em todo o lado. Até se fazem torneios para ver quem cospe mais longe. Será treino ou contestação?

EU

Anónimo disse...

Ainda sobre a questão 3., lembro que, em regimes ditatoriais, nem os dentistas pedem aos doentes para abrirem a boca. Os dentes são extraídos através do ânus.

EU

Grão-Titular disse...

Vê, a resposta não é fácil... Errou todas

Titular de conta na UBS disse...

Sem desprimor pelos assuntos abordados, gostava de deixar aqui um pedido de reflexão por parte dos estimados e estimadas Titulares desta Ordem:

1 - Como analisam o crescente interesse na leitura deste blog, de visitantes de cada vez mais partes do globo, que já poderemos considerar abarcarem países do nosso grande e saudoso Império, das Américas à Ásia Oriental, passando pelo Cabo da Boa Esperança?

Anónimo disse...

Grão- Titular,

Lembre-se desta:

"Examinations consist of the foolish asking questions the wise cannot answer".

(Oscar Wilde)

EU

Pedro disse...

Claro que errou.
Mas alguém do fundo dos seus podres conhecimentos pode responder a tão fulcrais questões colocadas por um Dr. Titular?!

Interessante o título "Dr."... Basta olhar para ele para saber que o senhor titular não é mais que um licenciado a querer fazer-se passar por doutor. Proponho-lhe caro senhor, que tente responder a essas questões e talvez com essas respostas criar uma tese de doutoramento (numa qualquer Universidade Independente perto de si) e então ai sim poderá chamar-se doutor com todas letras.

maria estrela disse...

Meu caro titular de conta na UBS
A raça descobre-se à distância. A verdadeira portugalidade não se confina a esta orla marítima, pelo que não me surpreende a visibilidade, quiçá o impacto, extra fronteiras e além mar.
O reino ao cheiro da canela se despovoou. Dobramos o Cabo da Boa Esperança.Agora enche-se um pouco mais ao cheiro da coca...
Mas este nobre espaço contribuirá, certamente, para acalentar a boa esperança, mesmo que o cabo pareça, agora, não dobrar.
Bom dia meus prezados, posso dizê-lo, amigos.

Grão-Titular disse...

Maria Estrela as suas palavras são sábias...

Anónimo disse...

Sábias? ...Deixa-me rir...!!!!